Crítica | Uncharted: Fora do Mapa é um filme que fica no limiar entre o potencial inexplorado e a entrega satisfatória.

Proeminente
0

Uncharted: Fora do Mapa, a tão esperada adaptação do amado jogo homônimo, prometia trazer à tela grande uma emocionante jornada em busca de tesouros e mistérios insondáveis. No entanto, apesar do elenco de talentosos atores e da direção competente de Ruben Fleischer, o filme não alcançou todo o seu potencial.


Sony


Não sei, porque as pessoas diziam para não botar muita espectativa nesse filme, eu adorei o enredo, ela é simples, porém esquecível. Baseado no jogo com mesmo nome, esse filme conseguiu trazer o que o povo não espera, principalmente eu. Sou muito fã de filmes de Aventura do estilo Indiana Jones e Uncharted segue o mesmo padrão de exploração de ouros.


Ruben Fleischer, conhecido por suas obras como "Zumbilândia" e "Venom", entrega uma direção competente, mas não consegue imprimir sua marca de forma memorável em Uncharted. As sequências de ação são bem coreografadas, mas faltam aqueles momentos verdadeiramente icônicos que poderiam elevar o filme a um patamar superior.


Poster promocional


ROTEIRO: Razoável


ATUAÇÕES: Boas


CGI: Razoável


FOTOGRAFIA: Ótima


ARTE E DESIGN: Razoável


DIREÇÃO: Boa




ROTEIRO


O roteiro, embora não seja desastroso, deixa a desejar ao não conseguir atingir as alturas esperadas para uma narrativa que tem suas raízes em um dos jogos mais cativantes da história. Os enigmas, uma parte fundamental do jogo, parecem simplificados e são resolvidos de maneira quase anticlimática, perdendo a oportunidade de empolgar o público com desafios intelectuais mais complexos.


ATUAÇÕES


O elenco, liderado por Tom Holland como Nathan Drake e Mark Wahlberg como Sully, oferece performances sólidas. No entanto, a escolha de Holland para o papel principal pode ter surpreendido alguns fãs, que talvez esperassem a presença marcante de Nathan Fillion, que há muito tempo era visto como uma escolha natural para o papel. Da mesma forma, a ausência do protagonista da franquia Maze Runner, Dylan O'Brien, pode ter deixado alguns fãs esperando por uma interpretação diferente.


NOTA


Uma das grandes falhas do filme é o CGI, que muitas vezes parece inacabado e, por vezes, desconexo do restante da cena. Em um mundo onde a tecnologia nos proporcionou feitos visuais incríveis, a evidente falta de polimento no CGI deixa o espectador desconectado da experiência e prejudica a imersão na narrativa.


Em conclusão, Uncharted: Fora do Mapa é um filme que fica no limiar entre o potencial inexplorado e a entrega satisfatória. Embora o elenco brilhe e a direção seja competente, o roteiro, CGI e a ausência de certas escolhas de elenco podem deixar os fãs com um sabor de expectativas não plenamente atendidas. No entanto, para os fãs ardentes da franquia, a experiência ainda oferece um vislumbre do amado mundo de Nathan Drake em uma grande produção cinematográfica.

Postar um comentário

0Comentários

Postar um comentário (0)

#buttons=(Eu sei!) #days=(20)

Ei Cinéfilo! Nós aqui usamos cookies para obter a melhor experiência do usuário. Saiba Mais
Ok, Go it!