Crítica | Homem Formiga e a Vespa: Quantumania

Proeminente
0
Créditos: Comic universe


A fase 5 da Marvel Studios abriu com Homem Formiga e a Vespa: Quantumania, que prometia ser um filme igual a um dos grandes filmes de Vingadores. Porém infelizmente esse propósito não foi entregue para nós. No entanto a obra tem um conteúdo diferente do esperado e que acabou decepcionando alguns nerds.


Reprodução: Marvel Studios



ROTEIRO: Fraco


ATUAÇÕES: Razoáveis


CGI: Razoável


FOTOGRAFIA: Ótima


ARTE E DESIGN: Bom


DIREÇÃO: Ótima


5.5/10


Recentemente vimos o filme do Homem Formiga 3 estrelado pelo Paul Rudd, como de costume daremos a nossa opinião se o longa vale apena. Obviamente a matéria não contém spoiler, portanto fique relaxado com a crítica.


Sinopse:


Em Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania, quando Cassie, filha de Scott Lang, desenvolve um dispositivo que permitiria a comunicação com o reino quântico, o experimento termina em desastre: Cassie, Scott e sua companheira e heroína, Vespa, Hope van Dyne involuntariamente se encontram no reino místico. Unindo forças com os pais de Hope, Hank Pym e Janet van Dyne, o trio trabalha um caminho de volta enquanto os atrai para o misterioso mundo do Reino Quântico, onde encontram criaturas alienígenas e uma civilização oculta. Eles também descobrem que Janet, que ficou presa aqui por 30 anos, ainda esconde deles um ou dois segredos de seu passado: porque o misterioso Kang, que tem a habilidade de passar, também está preso no mundo quântico, a dimensão usada para viajar no tempo e no multiverso. Agora o Kang vai precisar ajuda o Scott para sair desse mundo.


Roteiro

Em certo ponto eu entendo o Kevin Feige ao alterar o roteiro de homem formiga 3 nas últimas horas, mas o filme estava claramente mostrando desde o inicio que alguma coisa não vai bem. É bem sabido que o roteiro deu muito protagonismo na Cassie e esqueceu que o filme deveria fazer jus ao título. Ou seja, deveria dar mais destaque no Homem Formiga e a Vespa.


Primeiro filme que nos mostra o Kang, um antagonista que conhece o multiverso na palma da mão, mas o roteiro esconde isso, não vimos o total poder de Kang. Nem vou falar da cena final com as formigas, que roteirista preguiçoso. Uma coisa que eu gostei no roteiro é que o filme todo quase que é uma comedia mas as coisas ficavam sérias sempre que havia cenas com o conquistador. Isso mostrava o quão Kang era uma ameaça e deveria ser temido.


M.O.D.O.K teve a sua história de origem alterada e o CGI ficou muito diferente dos quadrinhos, mas até certo ponto eu entendo a Marvel.


Atuações


Quanto as atuações eu devo confessar que o Jonathan Majors entregou tudo de sí nesse filme, resultando em algumas cenas que valeram apena. Mas foi c#gado pelo roteiro. Já o Paul Rudd, não fez uma atuação de louvar mas pelo menos teve muitos minutos de tela. Diferente da Evangeline Lilly que teve muitos menos tempo de tela no filme.


Nota


No total já conhecemos duas variantes de Kang, em Loki na primeira temporada nos mostraram aquele que permanece e em Quantumania vimos o conquistador. Devo admitir que a Marvel está num bom caminho com esse personagem que será o grande vilão no universo cinematográfico Marvel.


Piadas forçadas e muitas vezes sem graça, personagem de destaque que são esquecidos no filme, furos no roteiro. Um filme como esse merece nota 5.5 em uma escala de 10.


Se você for um fanboy da Marvel ou quer ver o filme por diversão, saiba que o filme vai te satisfazer. Esquecendo as partes negativas do filme, você vai se divertir um pouquinho pelo fan service.


O filme tem cenas pós créditos que são muito importantes. 


Puro Cinéfilo



Dirigido por Peyton Reed, e o roteiro é do Jeff Loveness. Quanto ao elenco inclui: Paul Rudd, Evangeline Lilly, Michael Douglas, Jonathan Majors, Kathryn Newton, Bill Murray entre outros.

O filme ainda está em exibição nos cinemas em Angola, Brasil, Portugal e no mundo.

Postar um comentário

0Comentários

Postar um comentário (0)

#buttons=(Eu sei!) #days=(20)

Ei Cinéfilo! Nós aqui usamos cookies para obter a melhor experiência do usuário. Saiba Mais
Ok, Go it!