Crítica, John Wick: Capítulo 4

Proeminente
0
Sem Spoiler

A espera acabou, finalmente conseguimos ver o quarto filme da franquia de John Wick estrelado pelo Keanu Reeves. Graças ao convite do Cinemax conseguimos ver a pré estréia no Xyami do nova vida, filme que provavelmente é o último da franquia.


Reprodução: Lionsgate



ROTEIRO: Excelente

ATUAÇÕES: Ótimas

FOTOGRAFIA: Excelente

ARTE E DESIGN: Bom

DIREÇÃO: Ótima


8.9/10



Quando se trata de um filme de John Wick, já sabemos que tem porrada, tiroteio e algumas vezes mortes com lápis, sim, pessoas mortas com um lápis. E com esse filme não foi diferente, apesar de um desfecho meio surpreendente e esquisito, ainda vale apena ver Baba Yaga.


Sinopse:


John Wick de Keanu Reeves enfrenta seus adversários mais letais até agora na próxima quarta parte da série. Com o preço de sua cabeça cada vez maior, Wick leva sua luta contra a Alta Mesa global enquanto procura os jogadores mais poderosos do submundo, de Nova York a Paris, Osaka e Berlim.


ROTEIRO


Pense num roteiro simples e que não foge dos filmes antecessores, John Wick 4: Baba Yaga é um deles, e devo admitir que o Derek Kolstad pensou bem ao escrever esse filme maravilhoso. Algumas cenas você vai se emocionar bastante com as palavras do ator Lance Reddick. Alguns diálogos são fortes e de partir o coração, e ao mesmo tempo você fica curioso.


Quem escreveu o filme pensou duas vezes ou mais para saber sobre o que ele poderia nos entregar no confronto final do mocinho de Keanu Reeves e o vilão Bill Skarsgard, que por sua vez, o ator se encaixou bem no personagem.


ATUAÇÕES

Quanto as atuações, algumas não foram convincentes, e outras foram muito boas, mas como dizem coisas boas duram pouco.


Keanu Reeves como sempre fez uma excelente performance, não consigo imaginar o papel de John Wick em outro ator. Sabemos que ele também fez filmes como Matrix e Constantine, porém Johnathan Wick ganhou um espaço enorme entre nós e acredito que para mim será sempre Mr. Wick. Espero ve-lo novamente no filme de Ballerina estrelado pela atriz Ana de Armas, e se for possível na série de High Table: The Continental que está sendo produzido.


Quanto ao Donnie Yen, bem, eu esperava mais do personagem e me surpreendeu bastante ao saber que o ator fez aquele personagem. Esperava ver uma atuação igual ao do IP Man ou outros filmes dele de artes marciais como Dragon Tiger ou Kung Fu da Morte. Infelizmente teve um papel meio fraco e não do tipo dele. Em alguns momentos ele tentou ser o ator de acção que nós conhecemos, mas durou pouco e no final das contas o Scott Adkins trabalhou bem em relação a ele.


Scott Adkins interpreta um personagem chamado Killa, que me surpreendeu bastante, e nem esperava um confronto dele com John Wick daquele jeito. É está bem claro que no filme todo foi o Killa que mais deu trabalho ao John de Reeves. Parabéns ao Scott pela atuação impecável que infelizmente durou pouco.


NOTA


Dirigido por Chad Stahelski  com uma duração de  mais de duas horas, John Wick: Capítulo 4 entrega o que muitos esperavam, um homem assassinando com pistolas. Eu tenho a certeza que você vai amar, principalmente o cenário e as coreografias de lutas. A França, Paris como vimos nos cartazes divulgados é o principal local dos assassinatos.


Teve um momento em que as câmeras começam a filmar a partir de cima, automaticamente o filme fica como se fosse um videogame. Os Ângulos das câmeras pegavam bem as cenas de lutas.


Você vai amar o filme e não vai se arrepender, acredite. Falo por experiência, o filme entregou tudo e muitas coisas surpreendentes. Um filme como esse merece uma nota de 8.9 em uma escala de 10.


PURO CINÉFILO





Estrelado por Keanu Reeves, o filme ainda conta com Donnie Yen como um coadjuvante, Scott Adkins como um antagonista. Lawrence Fishburne como rei dos mendigos, Shamier Anderson, Bill Skarsgård, Hiroyuki Sanada, Rina Sawayama também fazem parte do elenco de ‘John Wick 4‘. O quarto filme também trouxe Lance Reddick como Charon, o concièrge do Hotel Continental, e Ian McShane como seu empresário, Winston.


John Wick: Capítulo 4 já está disponível nos cinemas em todo mundo. E em Angola pelo Cinemax.


Postar um comentário

0Comentários

Postar um comentário (0)

#buttons=(Eu sei!) #days=(20)

Ei Cinéfilo! Nós aqui usamos cookies para obter a melhor experiência do usuário. Saiba Mais
Ok, Go it!